top of page

Fala aos formandos de 2010 do curso de licenciatura em letras Oswaldo Cruz


Behind view of graduates at ceremony wearing mortar hats

O jovem quer mudar o mundo, é um reformador por natureza. O protótipo está em Hamlet, jovem príncipe que vivia em desacordo com o seu próprio reino, que ele assim diagnosticava: “Há algo de podre no reino da Dinamarca”. E acrescentava: “O mundo está fora do eixo, eu venho para consertá-lo”.

Veja que esse protótipo não contempla modelo de sucesso estreito, vão e egoísta, que consiste na conquista do poder, do dinheiro, dos prazeres e das vantagens. A coisa é bem mais séria. O que quero dizer é que aí está o mundo, a Dinamarca de vocês, no qual o mal existe realmente, no qual há mesmo qualquer coisa de podre; aí está o que precisa ser mudado/reformado.

Vêm dessa constatação a necessidade de uma recomendação a vocês. Não tentem mudar as coisas apenas com os conhecimentos intelectuais aprendidos e recebidos aqui na Oswaldo Cruz. O requisito para o sucesso em tarefa tão nobre — melhorar/promover um mundo melhor — exige muito mais que isso. Vocês estão diante de uma tarefa que requer excelência de caráter, em que o comprometimento com princípios e valores constitui método e estratégia indispensáveis. Trocando em miúdos: vocês terão de viver, terão de ser guardiães, guardas de honra da honra, da honestidade, da solidariedade, do respeito, da justiça, da paz, do amor — coisas raras, coisas em escassez atualmente.


Successful Masters PHD Graduation College Concept

Nilberto de Matos Amorim

Comments


bottom of page